12/06/2017 21h24

Goiás oficializa duas novas reservas ambientais particulares

As reservas de Komodo e Diamante possuem mais de 539 hectares e ficam no município de Alto Paraíso. Elas são as primeiras Reservas Particulares do Patrimônio Natural em âmbito estadual

Por: Secima (GO)
 
Floresta nativa preservada em fazenda Floresta nativa preservada em fazenda

O estado de Goiás conta oficialmente com mais duas reservas ambientais. Juntas, as Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) de Komodo e Diamante somam 539 hectares e estão localizadas no município de Alto Paraíso. A Reserva de Komodo possui 169,78 hectares e é parte dea Fazenda São Bartolomeu, enquanto a Reserva de Diamente possui 369,27 hectares e é composta por áreas da Fazenda Quati.

O Programa de Apoio às RPPNs foi instituído pelo Decreto 7665, de 2012, e dispõe sobre a criação, implantação e gestão deste tipo de reserva em âmbito estadual. Os proprietários de terra que se interessam por criar suas reservas têm responsabilidades e benefícios. Eles recebem isenção tributária sobre a área protegida e têm prioridade na aquisição de financiamentos bancários. Por outro lado, são responsáveis por cuidar da reserva, protegento a área contra incêncios florestais, fazendo a sinalização e fiscalização contra a caça, a pesca e o desmatamento ilegais, entre ourtas ações.

O rio também será preservado O rio também será preservado

A RPPN é eterna e não pode ser desfeita. Estas são as duas primeiras RPPNs estaduais e estão homologadas por meio das Portarias N. 123 e 124, publicadas no Diário Oficial do Estado no dia 9 de junho. Os processos de criação dessas reservas começaram em maio de 2015. Outros seis processos estão em andamento para a criaçãoa de novas RPPNs, quatro devem ser concluídos ainda este ano.

Envie seu Comentário


 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL