06/04/2017 17h51

Mecanização e Segurança: capacitação do Senar consolida plantio de florestas

Além de Três Lagoas, Ribas do Rio Pardo, Água Clara, Brasilândia e Dois Irmãos do Buruti são destaques nacionais no plantio de florestas

Por: Sistema Famasul
 
Terezinha Cândido, coordenadora educacional do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS) Terezinha Cândido, coordenadora educacional do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS)

Por anos a matriz econômica do Mato Grosso do Sul foi sustentada no binômio soja-boi. No campo, estes dois segmentos se fortaleceram com métodos e tecnologias precisos para impulsionar a produção de grãos e/ou de carne, e até mesmo de leite. A inovação tecnológica que impulsionou o setor agropecuário deu força também à silvicultura em solos sul-mato-grossenses. Segundo os últimos dados do Siga/MS - Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio de MS, Mato Grosso do Sul apresenta 950 mil hectares de plantio com eucalipto.

"As tecnologias do campo avançam a cada dia e, paralelamente a isso, há a necessidade de aprimoramento da mão de obra, por isso renovamos o catálogo de cursos voltados para o setor florestal para acompanhar as tendências de mercado, principalmente no que se refere à viabilidade dos custos de produção, com foco na mecanização e na operação preventiva", afirma a diretora-secretária do Sistema Famasul e coordenadora educacional do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS), Terezinha Cândido.

De acordo com a IBÁ - Indústria Brasileira de Árvores, o Estado é o terceiro no ranking nacional em área plantada com eucalipto, perdendo apenas para Minas Gerais e São Paulo, e ainda apresenta a quarta maior produção de árvores plantadas por espécie, tais como pinus, mogno e seringueira. Essa produção destina-se basicamente à obtenção principal de papel e celulose, carvão vegetal e lenha.

Três Lagoas lidera o ranking nacional dos 20 principais municípios produtores de madeira em tora para papel e celulose. Conforme os últimos resultados da Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura - PEVS, publicados pelo IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, dos 77 milhões de metros cúbicos produzidos no país, Três Lagoas produziu 2,1 milhões de metros cúbicos, o que correspondem a 2,9% da produção total no cenário nacional. Entram nesse ranking também outros munícipios do estado: Brasilândia (2,1%), Ribas do Rio Pardo (2,1%), Água Clara (2,0%) e Dois Irmãos do Buriti (1,1%).

Mato Grosso do Sul está com 950 mil hectares de florestas plantadas, número que vai aumentar Mato Grosso do Sul está com 950 mil hectares de florestas plantadas, número que vai aumentar

Envie seu Comentário


 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL