21/07/2016 17h14

Curitiba sedia encontro sobre "Construções do futuro: mais sustentáveis, mais madeira"

Evento, que terá a participação da Tecverde Engenharia e do WWF-Brasil, marca o lançamento do Portal Madeira e Construção

Por: Painel Florestal - Assessoria
 
Casa de madeira em construção Casa de madeira em construção

No próximo dia 27, quarta-feira, Curitiba recebe um evento para jornalistas das áreas de Sustentabilidade, Construção e Arquitetura da capital, que pretende promover o debate sobre como estamos construindo as nossas cidades.

Com o tema "As construções do futuro: mais sustentáveis, mais madeira", o encontro contará com a participação do fundador da Tecverde Engenharia, Caio Bonatto, para falar sobre inovação, tecnologia e o uso da madeira como matéria-prima principal em sistemas construtivos, que podem ser viáveis, também, para programas habitacionais.

Além do empresário, o analista do WWF-Brasil, Ricardo Russo, participa do evento para apresentar o Programa Madeira é Legal, iniciativa que reúne 23 instituições que promovem o uso responsável da madeira no Brasil.

A jornalista Juliane Ferreira é a coordenadora do projeto A jornalista Juliane Ferreira é a coordenadora do projeto

O encontro, uma iniciativa do Portal Madeira e Construção, marca também o lançamento do projeto do novo veículo de comunicação, que tem como um dos objetivos promover a discussão do uso da madeira na construção, a partir da geração de conteúdo próprio. "Nosso desafio é levar aos profissionais e estudantes das áreas de Arquitetura, Engenharias, Design, construtoras, poder público e consumidor final informação relevante e desmistificar os preconceitos em torno do tema", afirma a coordenadora do projeto, a jornalista Juliane Ferreira, que tem 14 anos de experiência em Comunicação para os setores de madeira e floresta.

O trabalho vem sendo desenvolvido há seis meses e tem como norte cinco pilares:

1.Estimular o uso de uma matéria-prima sustentável e renovável, contribuindo para a redução dos resíduos gerados pela construção civil, fixação de Co² no ambiente.

2.Contribuir para mudança de cultura de que madeira é matéria-prima de baixa qualidade para a construção, fomentando discussões sobre o tema que envolvam desde a indústria, passando por profissionais da área, formadores de opinião e sociedade.

3.Contribuir para a redução do déficit habitacional.

4.Disponibilizar informações precisas, com base em pesquisas científicas e apuração jornalística isenta.

5.Estimular a inovação da indústria nacional no desenvolvimento de produtos de qualidade, certificados e que atendam à demanda da construção.

O Portal Madeira e Construção conta com o apoio institucional da Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci) e da Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal (Apre), além da parceria na geração de conteúdo com o Programa Madeira é Legal, do WWF-Brasil.

Envie seu Comentário


 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL