24/03/2013

Você sabia que as florestas plantadas podem contribuir para o ecossistema?

Confira algumas informações interessantes a respeito do setor de celulose e papel

Painel Florestal - Assessoria
 
 
Foto: Painel Florestal Foto: Painel Florestal

Você sabia que as florestas plantadas podem contribuir para o ecossistema? E que o Brasil é destaque internacional devido a sua qualidade de madeira, conseguida a partir de aprimoramentos genéricos? Confira algumas informações interessantes a respeito do setor de celulose e papel: • Do cultivo das árvores à reciclagem dos produtos, a cadeia produtiva do setor de celulose e papel do Brasil é umas das mais sustentáveis do mundo.

• 100% da madeira utilizada na fabricação de celulose e papel têm origem em florestas plantadas de eucalipto e pinus, espécies cultivadas especialmente para este fim.

• As florestas plantadas do setor brasileiro de celulose e papel apresentam excelentes níveis de produtividade – maior rendimento de celulose por metro cúbico de madeira por hectare a cada ano (m³/ha/ano) – quando comparadas às de outros países. No Brasil, a produtividade média das florestas de eucalipto é de 44 m³/ha/ano, enquanto a das florestas de pinus é de 38 m³/ha/ano.

• No Brasil, o consumo de água para plantação de florestas equivale ao consumo de água das principais culturas agrícolas.

• De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), para ser considerado reciclado, o papel deve conter pelo menos 50% de fibras recuperadas (pós-consumo ou pré-consumo) e, no mínimo, 25% de material pós-consumo (aquele que chegou até o consumidor, foi utilizado e, então, recuperado).

• Segundo estimativas da ONU, até 2050 a população mundial deve chegar a 9 bilhões de pessoas. Esse cenário aponta boas perspectivas de crescimento para a indústria de celulose e papel, em especial no consumo de papel pelas áreas de alimentação, higiene pessoal e educação. O foco é continuar aumentando a produtividade das florestas plantadas, por meio de novas tecnologias e desenvolvimento genético, e, ao mesmo tempo, gerar valor socioambiental, assegurando a posição brasileira como expoente sustentável no cultivo e no beneficiamento da madeira de florestas plantadas.

• A alta produtividade e a qualidade da madeira obtidas nos últimos anos – principalmente como resultado de pesquisas de melhoramento genético e de técnicas silviculturais – são características que destacam o Brasil no cenário internacional. Além disso, as práticas do setor nacional de celulose e papel têm sido constantemente revisadas e aprimoradas, sempre observando a sustentabilidade e a legislação aplicável. Em conjunto, esses fatores atraem investimentos ao País e fazem das florestas plantadas grandes aliadas do desenvolvimento socioeconômico no campo ao mesmo tempo em que contribuem para reduzir a pressão sobre as florestas naturais.

No vídeo abaixo você vai poder assistir a uma reportagem especial sobre os mitos do eucalipto e saber também porque as florestas plantadas salvam outras florestas.

Seja o primeiro a comentar!

Envie seu Comentário!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.
 

 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL