05/04/2017 01h27

Ibá confirma alta nas exportações florestais no 1º bimestre

Como resultado a balança comercial do setor registrou um saldo positivo de US$ 1,15 bilhão nos dois primeiros meses do ano

Por: Ibá
 
Florestas plantadas de eucalipto alimentam indústrias do setor Florestas plantadas de eucalipto alimentam indústrias do setor

O volume de exportações do setor de árvores plantadas brasileiro registrou desempenho positivo no primeiro bimestre de 2017. A celulose totalizou 2,3 milhões de toneladas exportadas em janeiro e fevereiro de 2017, alta de 3,4% em relação ao mesmo período de 2016, quando foram negociadas 2,2 milhões de toneladas. No segmento de painéis de madeira, o volume exportado nos dois primeiros meses do ano somou 174 mil m³, crescimento de 40,3% na comparação com igual intervalo do ano passado, quando registrou volume de 124 mil m³. Neste mesmo período, as exportações de papel alcançaram 335 mil toneladas, volume 6% maior em relação as 316 mil toneladas exportadas em 2016.

Receita de exportações – De janeiro a fevereiro de 2017, o setor registrou exportações no valor de US$ 1,3 bilhão (-6,4%); a celulose alcançou US$ 971 milhões (-9,1%), o papel US$ 287 milhões (+0,3%) e os painéis de madeira US$ 39 milhões (+22%). Como resultado a balança comercial do setor registrou um saldo positivo de US$ 1,15 bilhão nos dois primeiros meses do ano (-4,9%).

Destino das Exportações – A celulose exportada para a China - que representa o mais importante destino do setor de celulose brasileiro - cresceu sua receita em 19,1% (US$ 418 milhões) neste bimestre. Já os países latino-americanos continuaram como os principais mercados dos segmentos de papel e painéis de madeira no período, cujas receitas de exportações aumentaram 20,8% (US$ 186 milhões) e 16,7% (US$ 21 milhões), respectivamente.

Produção – A produção brasileira de celulose superou as 3,0 milhões de toneladas (-1,8%) em janeiro e fevereiro de 2017; e a de papel registrou 1,7 milhão de toneladas (-2,6%).

Vendas Domésticas – No primeiro bimestre de 2017, as vendas de papel no mercado interno alcançaram 832 mil toneladas (-4,0%); enquanto o segmento de painéis de madeira registrou 1,05 milhão m³ negociados (+8,5%).

Envie seu Comentário


 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL