16/02/2017

Gigantes da celulose estarão no Três Lagoas Florestal

Eldorado Brasil e Fibria confirmaram presença na terceira edição da feira

Painel Florestal
 
Maquete do projeto Horizonte 2, da Fibria. Maquete do projeto Horizonte 2, da Fibria.

Não é à toa que Três Lagoas se tornou uma das cidades que mais cresce do país. Os investimentos que chegaram, na final da década passada, com a antiga VCP, atual Fibria e com a fábrica de papel International Paper (pioneira no estado), continuam na cidade.

O projeto de expansão da Fibria - na verdade uma nova linha com capacidade para 1,95 milhão de toneladas de celulose por ano - Horizonte 2 segue à todo vapor e deve ser inaugurado até o final do ano.

Já a Eldorado Brasil, com o projeto Vanguarda 2.0, está na fase de contratação de fornecedores e confirma mais 2,5 milhões de toneladas até 2020.

Ao todo, Três Lagoas será responsável pela produção de mais de 7,2 milhões de toneladas de celulose por ano, número que confirma o título de "Capital Mundial da Celulose".

Todo esse contexto será apresentado nos estandes institucionais da feira Três Lagoas Florestal que acontece entre os próximos dias 28 e 30 de março.

Fábrica da Eldorado Brasil que também terá nova unidade a partir de 2019/20. Fábrica da Eldorado Brasil que também terá nova unidade a partir de 2019/20.

Capital do emprego

Os números da indústria de base florestal se traduzem também em empregos. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a cidade sul-matogrossense foi o município entre todos os 5.570 do país, que registrou o maior saldo de empregos em 2016.

Veja reportagem do Jornal Hoje

No campo, mesmo com ajustes estratégicos para equilibrar demanda e oferta de madeira, os números confirmam o potencial de uma região que viu áreas degradadas se transformarem em produtivas florestas de eucalipto.

A previsão, de acordo com a Reflore (Associação Sul-matogrossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas), é que o Mato Grosso do Sul atinja a marca de 1 milhão de hectares de florestas plantadas de eucalipto.

Novas oportunidades

O desenvolvimento florestal traz, na atual conjuntura, novas oportunidades. Parte da madeira produzida no Mato Grosso do Sul deve ser destinada à geração de energia, outra, à serrarias.

Esse cenário será um dos temas abordados na extensa programação de debates, talks shows e encontros que acontecerão paralelamente à feira, durante os três dias de evento.

Três Lagoas Florestal

A feira Três Lagoas Florestal terá, além dos estandes institucionais das fábricas de celulose, exposição com fornecedores de máquinas, implementos, insumos e serviços.

Na programação paralela (que pode ser conferida aqui), eventos como Inova Celulose, Inova Florestal, Produza Madeira & Floresta, além de duas rodadas de negócios, devem movimentar um público de mais de mil pessoas.

Para visitar a feira, gratuitamente, basta se cadastrar no site www.treslagoasflorestal.com.br. Os ingressos para o conteúdo de palestras e eventos paralelos, podem ser adquiridos no mesmo site.

Envie seu Comentário

 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL