12/07/2017 21h59

Câmara Espanhola abre as inscrições para o 5º Prêmio de Sustentabilidade

Endeavor, Instituto Ethos e Pacto Global participarão do júri que irá eleger as melhores iniciativas

Por: Painel Florestal - Assessoria
 
 

Com o objetivo de promover a cultura sustentável no país, a Câmara Espanhola de Comércio no Brasil abre as inscrições para o 5º Prêmio Câmara Espanhola de Sustentabilidade. Independente de qual seja o porte e padrão de atuação da companhia, a iniciativa tem como mérito de identificar e disseminar as boas práticas sustentáveis pelas empresas que atuam no Brasil, e que muitas vezes são desconhecidas do público.

"O Prêmio Câmara Espanhola de Sustentabilidade reconhece as práticas empresariais que gerem benefícios cada vez mais tangíveis ao negócio a partir da integração das questões ASG e da identificação de oportunidades de geração de negócios. Na última edição foram inscritos excelentes projetos que compartilhados no hotsite da Câmara e em nossa tradicional Memória de Sustentabilidade", afirma Carolina Carvalho, diretora executiva da Câmara Espanhola.

Neste ano, pela primeira vez, as Pequenas e Médias Empresas (PMEs), mesmo não associadas à Câmara também poderão ser inscrever no prêmio. As inscrições vão até o dia 15 de agosto e se estendem a todos aos associados da Câmara Espanhola. O júri de peso composto pelas entidades Endeavor, Instituto Ethos e Pacto Global avaliarão todos os projetos inscritos. Os grandes vencedores serão conhecidos no dia 26 de setembro de 2017, em grande evento realizado pela Câmara, com a presença de autoridades espanholas, empresários e líderes da área de sustentabilidade.

Edição 2016

A edição 2016 do Prêmio Câmara Espanhola de Sustentabilidade superou as expectativas. Dos 20 projetos, 50% se inscreveram na categoria Sustentabilidade Aplicada ao Negócios, 40% em Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e 10% na categoria PMEs.

Contemplando mais de 315 mil pessoas em 730 municípios em todo o Brasil, os 20 projetos participantes desta edição atingiram a marca de R$ 213 milhões investidos, ao todo. Desenvolvidos em diferentes áreas como educação, proteção ambiental, promoção de energias renováveis, erradicação da pobreza, empoderamento, microcrédito, saúde, inovação, reutilização de resíduos, redução da pegada de carbono, entre outros

Envie seu Comentário


 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL