10/10/2017 19h08

Valorização de pessoas é estratégia de negócio da Eldorado

Fabricante de celulose atribui a funcionários os resultados de eficiência operacional

Por: Painel Florestal - Assessoria
 
Unidade da Eldorado Brasil em Três Lagoas (MS) Unidade da Eldorado Brasil em Três Lagoas (MS)

A Eldorado Brasil é a empresa mais eficiente do setor de celulose em todo o mundo. E os excelentes níveis de produtividade, com sucessíveis recordes batidos e o menor custo-caixa do segmento, só são alcançados graças a uma equipe engajada e altamente capacitada.

A motivação das equipes é resultado de sua estratégia de negócios da companhia, que tem como um de seus pilares de gestão a valorização de pessoas. "Empoderar o time é fundamental para garantir uma entrega de qualidade, não só porque aumenta o compromisso com os resultados, mas principalmente porque todos enxergam suas contribuições, agilizam decisões e diminuem as burocracias, ações que contribuem para o sucesso da companhia", afirma Carlos Monteiro, diretor Industrial.

Entre as iniciativas que ajudam os colaboradores a alcançar a excelência está o programa "Foco no Detalhe", que trabalha com rotas de inspeção. Utilizando princípios da neurociência e da física quântica, o programa permite que o executor se concentre totalmente em sua tarefa, enquanto os observadores inspecionam o serviço de uma perspectiva mais abrangente. "Quando uma pessoa observa e questiona um processo, ela passa a entender melhor como ele funciona e consegue agregar valor", explica Monteiro. "Trabalhamos com as lideranças para que todos os colaboradores possam seguir seus gestores em direção a um objetivo comum", enfatiza.

A gestão de pessoas da Eldorado, uma empresa jovem em um segmento centenário, procura sair do modelo tradicional. "Buscamos ter colaboradores que compartilham dos nossos valores. Todos são convidados a pensar em formas de melhorar a produtividade, pois sabem que são eles que fazem a diferença no dia a dia", afirma Elcio Trajano, diretor de RH.

Outro aspecto que diferencia a companhia de outras empresas do setor é o fato de a maioria dos profissionais serem contratados diretos, prática inovadora na indústria que gera resultados financeiros e de desempenho. "Essa política tem muitas vantagens, podemos citar claramente um melhor desempenho dos profissionais em suas atividades, o que significa mais produtividade em todas as áreas da companhia. Sem contar a melhora no clima organizacional", conclui Trajano.

Envie seu Comentário


 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL