24/04/2013

Empresários criam Associação Brasileira de Produtores de Mudas Florestais

A aprovação do estatuto ocorrerá durante o Simpósio de Eucalipto 2013 da Sociedade de Investigações Florestais (SIF), que será realizado no dia 22 de maio, em Belo Horizonte

Painel Florestal - Elias Luz
 
 
Foto: Painel Florestal Foto: Painel Florestal

Um ano de organização para o setor florestal. Desta vez, a iniciativa partiu de empresários donos de viveiros, que criaram a Associação Brasileira de Produtores de Mudas Florestais, cuja oficialização se dará durante a realização do Simpósio Eucalipto 2013, em Belo Horizonte, entre os dias 22 e 24 de maio, no Minascentro.

Para a empresária Maria Luiza Sartório, que faz parte do conselho fiscal da nova associação e representa as empresas Esteio Produção de Mudas de Eucalipto Tratado e Viveiros Tocantins, a opção pela aprovação durante o Simpósio Eucalipto 2013 será muito importante por se tratar de um grande evento promovido pela Sociedade de Investigações Florestais (SIF). “O setor está crescendo e necessita de mais organização”, acrescentou Maria Luiza Sartório.

A Associação Brasileira de Produtores de Mudas Florestais nasce com empresas dos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Tocantins, Maranhão e Espírito Santo. No entanto, Maria Luiza Sartório antecipou que há um grande número de empresas buscando associar-se. “O interesse no fortalecimento do setor é geral e, em pouco tempo, teremos empresas de todos os Estados brasileiros”, afirmou Sartório.

Em números, a associação está com 20 empresas, que, juntas, produzem 500 milhões de mudas de eucalipto clonados com melhoramentos genéticos, embora haja a produção de mudas de outras espécies, como seringueira, cacau e até café. A associação tem como principais objetivos iniciais a organização do setor, unificar os pleitos e fazer esta área produtiva crescer ainda mais no País. Hoje, quem fornece muda no setor florestal é o elo para a consolidação de diversas cadeias produtivas.

A associação será presidida pelo empresário Celso Trindade (Viveiros Tocantins e Viveiro Esteio). O primeiro vice-presidente será João Câncio de Andrade Araújo (Monte Zuma), o segundo vice-presidente é Nery Barbosa Fagundes (Tecnoplant), a diretoria financeira está nas mãos de Carlos Menezes (Ducampo), tendo como primeiro suplente Ricardo Vilela (Bela Vista) e, como assessor jurídico, o José Arnaldo (Plantar).

Seja o primeiro a comentar!

Envie seu Comentário!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.
 

 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL