Iniciativa visa instalar biodigestor em campus da UNESP em São Paulo

Projeto foi criado pela Cesp e terá apoio da Secretaria de Energia e Mineração do estado

Um projeto de pesquisa e desenvolvimento lançado pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp) pretende gerar energia a partir de biomassa no campus da Universidade Estadual Paulista (UNESP). A nova iniciativa pretende implantar um biodigestor no campus e gerar energia elétrica a partir do biogás gerado por ele.

A implantação do projeto está orçada em 3,9 milhões de reais e terá apoio da Secretaria de Energia e Mineração do estado, além da participação tanto da UNESP como também da Universidade de São Paulo (USP).

De acordo com o secretário de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, João Carlos Meirelles, o projeto visa incentivar a produção de energia limpa, reforçando a importância da mesma para o futuro do país. "Estamos fazendo com que a universidade, com apoio da Cesp, leve a prática das diversas formas de uso das energias renováveis ao mercado. É preciso que se garanta energia para o futuro, por isso temos que trabalhar intensamente para incentivar novas fontes e essa parceria indicará caminhos a serem seguidos" ressaltou ele.

O campus escolhido para receber o projeto foi o da Faculdade de Ciências Agronômicas e Veterinárias da Unesp, em Jaboticabal, o qual poderá contribuir significativamente para o projeto oferecendo os dejetos animais e uma plantação de batata doce, que servirá como insumo experimental, além de vinhaça proveniente de plantas de cogeração de grande porte localizadas próximo à faculdade.

Além da instalação do biodigestor, o projeto também contará com a produção de um Atlas Estadual da Bioenergia e uma modelagem para a comercialização da energia gerada. De acordo com a secretaria serão produzidos mapas temáticos que apresentarão o potencial da biomassa e a respectiva capacidade de geração elétrica e a produção de biogás, de cada biomassa analisada (resíduos da agricultura, agroindústria, silvicultura, resíduos sólidos urbanos, dejetos animais e esgoto).

Rubens Rizek, secretário-adjunto da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, destacou que a atualmente o estado possui muita biomassa que pode ser aproveitada de forma correta e que o projeto contribuirá para isso. ""Temos muita biomassa ainda não aproveitada para energia. Palha e bagaço de cana, florestal, resíduos sólidos e dejetos animais, que são enterrados ou não utilizados. Esse projeto é de extrema importância para o desenvolvimento de atividades que utilizem essas biomassas para cogeração" destacou ele.

Fonte: Thayssen Carvalho - Portal Biomassa BR

 

O setor da Biomassa e Energia tem encontro marcado no CIBIO 2018 & 3ª EXPOBIOMASSA!! SAVE THE DATE!! 04 a 06 de Setembro de 2018 Curitiba - Paraná - Brasil

Patrocínios:

PATROCÍNIO BRONZE

PLANALTO PICADORES: http://www.planaltopicadores.com.br/

Site 3ª EXPOBIOMASSA: http://www.expobiomassa.com/ Site CIBIO 2018: http://www.congressobiomassa.com/

Promoção: TECPAR / UNILIVRE/ PARANÁ METROLOGIA/

Apoio Oficial: ABGD / WBA / RENABIO Organização e Realização: Grupo FRG Mídias & Eventos

Maiores informações: +55 (41)3225.6693 - (41)3222.6661 E-mail: comercial@grupofrg.com.br

 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL