16/06/2017 17h13

Curitiba se transforma na capital nacional da biomassa florestal

O Cibio e a Expobiomassa acontecerão nos dias 20, 21 e 22 deste mês, no pátio da Fiep

Por: Painel Florestal - Elias Luz
 
Tiago Fraga, diretor do grupo FRG Mídias e Eventos Tiago Fraga, diretor do grupo FRG Mídias e Eventos

Durante os dias 20, 21 e 22 deste mês, Curitiba não será apenas a capital do Paraná, mas a capital brasileira da biomassa. O motivo: nestes três dias serão realizados, no pátio da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), a segunda edição Congresso Internacional de Biomassa (Cibio) e a segunda Feira Internacional de Biomassa e Energia (Expobiomassa).

Tiago Fraga, diretor do grupo FRG Mídias e Eventos, responsável pelo Cibio e Expobiomassa, destaca que há uma grande expectativa para a segunda edição do congresso e da feira, que serão maiores que os do ano passado. "São 55 expositores confirmados até o momento e, de acordo com o número de inscrições, teremos de 1,5 mil a 2 mil pessoas a cada dia, o que, sem dúvida, é um quantitativo bastante satisfatório", avalia Fraga.

Dentro do Cibio e da Expobiomassa, haverá três eventos: o Congresso Brasileiro de Pellets (CBP), o Congresso de Biogás, Cana Energia e o Congresso Brasileiro de Biomassa Florestal (CBBF). O Cibio e a Expobiomassa contam com o apoio das principais associações e entidades ligadas ao setor da biomassa no Brasil e exterior. "O Congresso terá papel fundamental nesta nova fase da matriz energética brasileira, na qual a busca por tecnologias limpas para geração de energia se faz urgente para garantir o futuro e o crescimento do país", analisa Tiago Fraga. Neste contexto, o Cibio e a Expobiomassa passam a corroborar no objetivo de diminuir as emissões de gases do efeito estufa na atmosfera. Isso porque este cenário aumenta a necessidade da busca por novas e eficazes tecnologias para geração de energia limpa, que possam atender à crescente demanda de consumo.

Na avaliação de Tiago Fraga, os desafios são grandes, tendo em vista que a média de energia elétrica que é consumida em cada casa brasileira tem aumentado muito nos últimos anos, devido ao aumento assustador na compra de aparelhos e equipamentos eletrônicos adquiridos todos os dias pela população. "Por outro lado, temos uma grande demanda para abastecer a indústria, que também está em franco crescimento e precisando de mais energia para garantir este crescimento, além de abastecer reservatórios, caldeiras, estufas de secagem e também gerar energia elétrica", explica Fraga.

Por isso, o Cibio - Congresso Internacional de Biomassa – torna-se uma grande oportunidade para discutir os novos rumos e tendências do setor, além de uma excelente ocasião para apresentar novas tecnologias, por meio dos setores acadêmicos e produtivos, que juntos configuram-se nas forças necessárias para esta mudança. De acordo com Tiago Fraga, em 2016 o evento reuniu os principais especialistas do setor de biomassa no Brasil, tendo a participação também de congressistas de cinco países.

Para Tiago Fraga, o objetivo do Cibio é discutir o atual cenário energético do Brasil, enfatizando o uso da biomassa com a a apresentação de soluções, tecnologias e informações que impulsionem o crescimento deste tipo de energia limpa à geração energética do Brasil. "Também é objetivo firmar-se como um dos mais importantes Congressos Internacionais com foco em biomassa para geração de energia", acrescenta Fraga.

Edição anterior da Expobiomassa Edição anterior da Expobiomassa

2ª Expobiomassa - Feira Internacional de Biomassa e Energia

Realizada bienalmente, a Expobiomassa também é coordenada e organizada pelo Grupo FRG Mídias & Eventos, que conta com o apoio das principais associações e entidades ligadas ao setor da Biomassa no Brasil e exterior. Segundo Thiago Fraga, a Expobiomasa foi o primeiro evento focado exclusivamente aos temas voltados ao setor da biomassa e energia no Brasil, trazendo ao mercado uma vitrine exclusiva, onde o público participante, além de seleto, tem interesse direto nos assuntos do setor, busca por tecnologias, máquinas, equipamentos, sistemas, entre outros.

Os principais players do setor em nível mundial já são parceiros da Expobiomassa, fazendo com que o evento seja referência também no exterior. Entre os objetivos desta feira, destacam-se o de levar ao mercado as melhores marcas do setor de biomassa e energia no Brasil, além de divulgar e promover as principais tecnologias, máquinas e equipamentos do setor da biomassa e energia no Brasil e no mundo.

A Expobiomassa e o Cibio serão realizadas em uma área de 4 mil metros quadrados, com exposição de equipamentos como peletizadoras, picadores, trituradores, briquetadeiras, secadores de biomassa, grãos, fornecedores e fabricantes de pellets, briquetes, cavacos, biogás, e sistemas de geração de energia elétrica e térmica com biomassa, sistema de aquecimento a pellets. Os dois eventos terão representantes de 10 países e de 20 Estados brasileiros.

Envie seu Comentário


 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL