04/07/2017 12h52

John Deere apresenta lançamentos para a floresta focados em alta tecnologia

A grande novidade da marca, na ElmiaWood 2017, foi o lançamento mundial do IBC control para harvesters

Por: Julia Carolina Athanázio Heliodoro
 
Equipe John Deere na ElmiaWood 2017 - grupo dedicado a aprender e trocar experiências profissionais, com muita interação.

Tecnologia, melhoria no desempenho, facilitação da operação das máquinas, aumento da produtividade e da capacidade dos computadores para uma maior velocidade de comunicação e cálculos, melhorando a resposta da máquina aos comandos do operador são, segundo Rodrigo Junqueira, Gerente de vendas da John Deere Florestal, prioridades da marca.

Dentre as soluções tecnológicas estão os dispositivos de qualificação e treinamento, como o simulador John Deere e o ambiente de aprendizagem TimberSkills – no qual é possível praticar todas as fases do plano de colheita, variando ambientes e combinando máquinas ao mesmo tempo.

Outra facilidade é o Adaptive DriveLine Control, recurso exclusivo para as forwarders G-Series de porte médio, com a função de melhorar a capacidade de condução e produtividade das máquinas. Em uma tela de fácil utilização, o operador escolhe o modo de condução - Eco, Normal ou Power - em função das condições de operação e sítio para que o sistema automaticamente ajuste o motor e mantenha os RPMs estáveis durantes cargas maiores ou menores, diminuindo o uso de combustível, mas mantendo a eficiência.

Harvester IBC

A grande novidade, no entanto, e sucesso na feira, foram os testes-drive do sistema IBC na harvester. Já utilizado nas forwarders, o sistema Intelligent Boom Control foi lançado mundialmente na ElmiaWood na harverter 1270 G e foi aprovado pelos operadores. O sistema permite que o operador da máquina controle apenas o cabeçote, enquanto o sistema opera o movimento de boom. As duas operações se ajustam automaticamente permitindo um trabalho mais preciso, com menor responsabilidade sobre o operador.

Crane-tip control

Outra facilidade para o operador implantada nas máquinas John Deere é o Crane-tip control: função pioneira, desenvolvida a longo de três ElmiaWoods, juntamente com os clientes, através de testes em simuladores. Disponível previamente para forwarders e agora para a harvester John Deere 1270G, o sistema permite o controle da grua de colheita com apenas um joystick. Por meio de sensores precisos no guindaste, informações são enviadas para o computador, juntamente com as instruções enviadas pelo joystick do operador, coordenando o posicionamento e movimentação da grua com maior precisão e menor pressão para o operador com claras melhorias de produtividade.

Harvester 1170G 8W

Com seu lançamento mundial na ElmiaWood 2017 e vendas programadas apenas para 2018, a Harvester John Deere 1170G é de porte médio. É uma máquina de menor tamanho, mas com ampla gama de usos, desde o desbaste até o corte final. Feita para colheita tanto em terrenos suaves como em encostas. Com 8 rodas, a máquina combina estabilidade, baixa pressão de superfície, a capacidade de escalada necessária nas encostas com produtividade. Com as mudanças que tornaram a parte traseira da máquina mais baixa, houve uma melhoria significativa na visibilidade traseira e a cabine mais silenciosa, há maior facilidade de manutenção e o novo motor garante um nível mínimo de emissões e o máximo de potência.

Forwarders de porte médio

A John Deere, sempre presente nas maiores e melhores feiras florestais do mundo, esteve na ElmiaWood com shows ao vivo e teste-drive de todos os seus lançamentos, como as novas forwarders de porte médio chamada de G-series, que acabaram de sair da fábrica. As Forwarders da série G têm controle powertrain adaptável, um novo motor diesel marítimo - mais econômico - controle muito mais preciso do guindaste e melhor potência e torque que o modelo anterior. Com táxi giratório e nivelador, as versões disponíveis incluem:

  • 1110G: com motor FT4 a diesel, a máquina tem muitas funcionalidades e melhorias como o aumento da potência do motor (em 6,5%) e de torque (em 4,1%), alta tração e controle preciso do guindaste.

  • 1210G: tem motor diesel marítimo com potência 7,5% maior em comparação com o motor anterior. Une alta tração e precisão no controle do guindaste com um sistema elétrico simplificado que torna as funções da máquina mais eficientes e rápidos.

  • 1510G: tem, além de alta potência, tração e produtividade, um ótimo controle da grua. Possui sistema operacional renovado chamado Timbermatic F-16. O equipamento é mais suave, já que o ângulo de oscilação da grua aumentou de 42 para 44 graus.

A John Deere ainda possui equipamentos para cargas maiores como o 1910G, e outros com economia de combustível ainda melhores como o 1270G.

John Deere no Brasil

A marca, presente massivamente no Brasil, desenvolveu uma máquina exclusiva para os produtores florestais do país. Líder mundial em produtividade florestal, o Brasil precisa e merece uma atenção especial e equipamentos exclusivamente desenvolvidos para atender às suas demandas. O Harvester 2144G, lançado na feira Três Lagoas Florestal, teve participação ativa dos clientes no seu desenvolvimento. Possui motor John Deere Power Tech Plus de 6.8 L e configurações operacionais ajustáveis em função das características da floresta. Com a potência ideal, a máquina tornou-se mais eficiente no uso de combustível, diminuindo os custos de operação. Segura e confortável, possui ainda um sistema de telemetria, enviando as informações da máquina para um sistema gerando dados em função de aumentar produtividade e eficiência.

Equipe John Deere e clientes na ElmiaWood 2017 - Grupo conheceu as fábricas internacionais da John Deere, visitou operações florestais locais e participou de palestra da consultoria Poyry sobre as tendências mundiais do nosso setor e como o Brasil está inserido neste contexto.

Envie seu Comentário


 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL