13/06/2017 15h12

ElmiaWood evidencia drones como ferramenta facilitadora

O Uso deste tipo de veículo aéreo não tripulado, na silvicultura, foi destaque na ElmiaWood 2017

Por: Julia Carolina Athanázio Heliodoro
 
Veículo Áereo Não Tripulado (Vant) em exposição na ElmiaWood

Com uma área exclusiva na ElmiaWood 2017, a Drone Zone, que foi organizada em colaboração com a UAS Forum Sweden, responsável pela principal conferência Sueca no assunto, mostrou que os drones já são uma realidade no setor florestal.

Utilizados para se obter uma visão geral de grandes áreas, com sensores, são importantes para monitorar a direção do vento, localizar árvores com algum tipo de estresse como ataque de formigas ou outras prags além de simples contagem de indivíduos.

No Brasil, a técnica já está sendo aplicada, para controle de qualidade das mudas, índices de sobrevivência no plantio e para monitoramento de pragas pela empresa Spectrum Florestal.

A Eldorado Brasil também é uma empresa que já aplica a tecnologia no país. Acaba de ser reconhecida pelo uso da tecnologia em plantios de eucalipto no Drones Show Latin America classificando-se em primeiro lugar. Com três equipamentos a empresa consegue monitorar em um dia 500 hectares de florestas, o que antes levava cerca e três dias de campo. Veja mais Aqui.

Na ElmiaWood a Drone zone trouxe apresentações durante o dia todo, com pesquisadores e fornecedores de tipos de VANTs (veículos aéreos não-tripulados), para mostrar que a utilização de drones é possível, acessível e principalmente, uma ferramenta facilitadora.

Envie seu Comentário


 
 

SOBRE O PAINEL FLORESTAL